Sindicatos devem pressionar políticos em defesa de nossa aposentadoria

CONATIG divulga circular em prol da defesa de nossa aposentadoria.

Aos
Excelentíssimos Senhores
Deputados Federais

Deputado que votar a favor da Reforma da Previdência estará retirando direitos adquiridos da maioria de seus eleitores, senão vejamos:

“Art. 239. ……………………………………………………………………

§ 3º Aos empregados que percebam de empregadores que contribuem para o Programa de Integração Social – PIS ou para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – Pasep até um salário-mínimo de remuneração mensal é assegurado o pagamento de um abono salarial anual calculado na proporção de um doze avos do valor do salário-mínimo vigente na data do pagamento, multiplicado pelo número de meses trabalhados no ano correspondente, considerado como mês integral a fração igual ou superior a quinze dias de trabalho, observado o disposto no § 3º-A.

Hoje o limite de remuneração para o recebimento do abono é de 2 salários mínimos e não há proporcionalidade para o cálculo do valor como está sendo proposto.

Essa medida resultará em redução significativa entre 80% e 90% dos atuais beneficiários estimando-se que mais de 24.000.000 de trabalhadores perderão seus direitos, pois estão acima de 1 Salário Mínimo.

Senhor Deputado Federal, que foi eleito com a ajuda destes trabalhadores acha correto retirar o abono salarial da maioria de seus eleitores?!!

“Faça uma reflexão e tome uma atitude correta na hora de decidir pelo seu voto a favor do trabalhador, seu eleitor”.

A Diretoria da CONATIG